27 de maio de 2017

Após citação em delação, aliados de Dória não querem mais ACM Neto em chapa de 2018

Correligionários do prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), que articulam para que o tucano seja candidato à presidência em 2018, não querem mais que ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador, seja o vice em uma eventual chapa de Dória no próximo ano.

 

 

Correligionários do prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), que articulam para que o tucano seja candidato à presidência em 2018, não querem mais que ACM Neto (DEM), prefeito de Salvador, seja o vice em uma eventual chapa de Dória no próximo ano.

 

O envolvimento de Neto na Lava Jato – acusado de receber R$ 1,8 milhão via Caixa 2 da Odebrecht – fez com que aliados de Dória começassem a pensar em outro nome. De acordo com o jornal Estado de São Paulo, a ideia é manter um nome forte do Nordeste na chapa, mas agora a preferência é alguém do PSB.

Vale lembrar que na semana passada, ACM Neto disse estar tranquilo em relação às denúncias e afirmou que espera que tudo seja esclarecido pela Justiça.

“Ainda não temos conhecimento do que existe e não existe sobre o nosso nome. Verificamos uma petição do ministro Fachin encaminhando para o Tribunal Regional. Esperamos que o mais rápido possível possamos ter acesso a tudo do que eventualmente foi citado e mencionado, não só para que eu possa prestar todos os esclarecimentos como também para que não reste nenhuma dúvida sobre a relação que sempre mantivemos com a Odebrecht, que respeita o meu desempenho como homem público transparente e correto”, disse.

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Varela Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*