29 de abril de 2017

Após eliminação no estadual, ex-Bahia pede para sair e expõe racha no Náutico

Alexandre Faria

Primeira aposta de Marcelo Sant’Ana quando assumiu o cargo de presidente do Bahia, o gestor de futebol Alexandre Faria falhou em mais um clube do Nordeste. Desta vez o executivo decidiu deixar o cargo que ocupava no Náutico após a eliminação do clube no estadual, derrotado pelo Santa Cruz na semifinal.

Além do fracasso em campo, o trabalho de Alexandre Faria no Timbu fica marcado na saída por problemas de relacionamento, a exemplo do que já havia acontecido no Fazendão. A decisão de entregar o cargo aconteceu após o presidente do alvirrubro, Marcos Freitas, receber pressão de diretores pata demitir Faria.

“Os dois últimos dias foram de muita turbulência e informações desencontradas em relação a permanência ou não do Dal Pozzo. Isso me incomodou bastante. Tive uma reunião hoje (terça-feira, 26) com a diretoria de futebol. Eles me disseram que o presidente estava recebendo algumas pressões sobre a minha permanência. Diante disso acabei entregando o meu cargo”, explicou o dirigente em entrevista Rádio Jornal.

O maior motivo da saída de Faria não seria, no entanto, apenas a eliminação. Uma polêmica criada nos últimos dias, quando o clube chegou a anunciar a demissão do técnico Gilmar Dal Pozzo e depois voltou atrás foi determinante para a saída pelas portas dos fundos em Pernambuco.

“Havia um interesse da diretoria de demitir o Dal Pozzo para mudar o rumo dos trabalhos. Isso não foi possível por questões internas do clube. É uma situação que a diretoria precisa alinhar com a presidência e isso deve acontecer nos próximos dias”, disse Faria, que não poupou críticas direcionadas para a direção do clube.

“Acredito que o clube não está maduro suficiente para ter uma estrutura profissional, mas fico na torcida para que isso possa acontecer em breve. Cheguei no Náutico dentro de uma situação muito complicada. O elenco tinha quatro meses de salários atrasados e precisava ser reformulado. Montamos um grupo pensando nas competições que iríamos disputar. Infelizmente, não conseguimos chegar na final do Pernambucano”, lamentou.

Fonte: Bocão News 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*