26 de junho de 2017

Após impeachment, Dilma leva vida reservada no Rio Grande do Sul

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT), depois do impeachment, leva uma vida reservada em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O apartamento tem uns 70 metros quadrados no primeiro piso, com móveis amontoados, mais uns cerca de 50 metros quadrados no piso superior.

 

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT), depois do impeachment, leva uma vida reservada em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O apartamento tem uns 70 metros quadrados no primeiro piso, com móveis amontoados, mais uns cerca de 50 metros quadrados no piso superior.

Em entrevista à colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a petista contou detalhes da vida que leva na capital gaúcha. Ela diz que o apartamento em que vive foi escolhido após aconselhamento do ex-presidente Lula.

“Eu queria escrever um romance policial. Gosto muito. Li muito”, diz.

Um dos hábitos mais conhecidos da ex-presidente é andar de bicicleta, mas isso desenvolveu em seus punhos a LER (Lesão por Esforço Repetitivo). No entanto, Dilma não dá sinais de que pretende parar.

Em determinado momento da conversa com a colunista, sem citar nomes, a ex-presidente faz referência aos presos na Lava Jato. “Será que eles podem ler livros lá na prisão?”, questiona.

 

 

 

 

 

Fonte: Bocão News

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*