27 de maio de 2017

Bahia inicia o ano com 13 ataques a agências bancárias

banco_bradesco

Acrescendo o número da insegurança em agências bancárias, no ano de 2015 foram 209 ocorrências em instituições no estado, de acordo com dados do Sindicato dos Bancários. E em menos de dois meses do ano de 2016, a Bahia já registrou 13 ataques. Em 2015, foram um total de 132 explosões de autoatendimentos ou cofres de agências bancárias. Em seguida, aparecem os arrombamentos (18), assaltos (16) e tentativas frustradas (43).

Durante pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), na tarde desta terça-feira (16), o deputado estadual Carlos Geílson (PSDB) lembrou que durante a leitura da mensagem à Assembleia Legislativa no ano de 2015, o governador Rui Costa, afirmou que uma das metas para segurança pública era combater o crime organizado, incluindo os ataques a bancos. E disse ainda que buscaria parcerias com as instituições financeiras para dar mais segurança aos baianos.

“Vivemos reféns desses marginais e o governo pouco faz, ou se faz não surte efeito. Muitas agências que foram explodidas ainda não voltaram a funcionar plenamente”, alertou o deputado. Geilson ainda sinalizou que em algumas cidades do interior os bancos ficam fechados durante os finais de semanas e, após as 16h de segunda a sexta. “Digo meus caros: fechado para acesso aos caixas eletrônicos mesmo!! E quando está aberto, não tem dinheiro nos terminais”, frisou.

Fonte: Bocão News

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*