27 de maio de 2017

Câmara de Salvador realizará audiência pública sobre microcefalia

A Câmara Municipal vai realizar no dia 10 de dezembro, às 9h, no auditório do Centro de Cultura, uma audiência pública sobre microcefalia. O evento é uma iniciativa dos vereadores democratas, Leo Prates, presidente da Comissão Especial em Defesa das Pessoas com Deficiência, e Duda Sanches, presidente da Comissão de Saúde.

No último dia 17 de novembro, o Ministério da Saúde divulgou o primeiro boletim epidemiológico sobre a doença, até o momento foram notificados 399 casos em recém-nascidos de sete estados da região Nordeste. O maior número de casos registrados foi em Pernambuco, 268 crianças, inclusive o primeiro estado a identificar o aumento da doença, em seguida, Sergipe foram 44, Rio Grande do Norte (39), Paraíba (21), Piauí (10), Ceará (9) e Bahia (8).

Mesmo com a suspeita de que a elevação dos casos de microcefalia esteja relacionada com o vírus da dengue, zika vírus e chikungunya, transmitido pelo mosquito aedes aegypti, ainda não foi possível esclarecer a causa real do aumento da enfermidade no Nordeste.

“Luto pela melhoria na qualidade de vida das pessoas com deficiência e, neste caso, acredito que a audiência pública terá papel fundamental nas discussões e estudos acerca da descoberta da causa da doença. Não podemos deixar que esse número aumente. É preciso ter um cuidado especial com as mães”, disse Leo Prates.          

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*