29 de maio de 2017

Com sinal verde de Temer, Dilma e Lula serão convidados aos Jogos Olímpicos

A presidente afastada Dilma Rousseff e outros ex-presidentes do Brasil - José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva - serão convidados por Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador Rio-2016, para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio, no dia 5 de agosto, na tribuna de honra do estádio do Maracanã.

A presidente afastada Dilma Rousseff e outros ex-presidentes do Brasil – José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva – serão convidados por Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador Rio-2016, para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio, no dia 5 de agosto, na tribuna de honra do estádio do Maracanã.

Assim, Dilma e Temer não ocuparão o mesmo espaço no estádio do Maracanã. O presidente em exercício será o responsável pelo discurso que vai declarar abertos os Jogos Olímpicos do Rio.A decisão foi tomada depois de Nuzman receber um sinal verde do presidente em exercício Michel Temer (PMDB). O encontro ocorreu na terça-feira passada durante visita do alemão Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), ao Parque Olímpico, no Rio, onde Temer disse não se opor à presença de Dilma no evento. A tribuna de honra terá divisões protocolares.

O critério usado para o convite dos ex-presidentes é o reconhecimento do trabalho das autoridades para que o Rio de Janeiro se tornasse sede dos Jogos Olímpicos, especialmente daqueles que estiveram envolvidos na fase de candidatura. Lula ocupava o cargo em 2009, quando a cidade desbancou as concorrentes Madri, Tóquio e Chicago em eleição na Dinamarca.

Fonte: Correio*

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*