29 de abril de 2017

Impeachment: imprensa repercute decisão

Dilma foi notícia no jornal dos EUA
Dilma foi notícia no jornal dos EUA.

A imprensa internacional repercute a decisão da comissão de impeachment de abrir o processo contra a presidente Dilma Rousseff. A BBC de Londres destaca que ela sofreu um revés na tentativa de engavetar o pedido de impedimento.

A agência de notícias britânica Reuters diz que a maioria dos parlamentares considera que existem motivos para acusar Dilma de violação das leis orçamentarias para favorecer a reeleição. Já o El País, da Espanha, chegou a abrir um link no site para que as pessoas pudessem acompanhar a votação da comissão na Assembleia Nacional.

Já o Wall Street Journal, dos Estados Unidos, se refere a Dilma Rousseff como uma líder sitiada. Por sua vez, o Le Figaro, da França, comenta que a crise brasileira se intensificou após a aprovação do relatório abrindo o caminho da queda da presidente.

O Le Monde, também da França, diz que “não houve surpresa”. Na Inglaterra, o The Guardian colocou uma foto de Dilma roendo as unhas, falando do nervosismo da presidente após a aprovação do relatório.

Em Portugal, o Público de Lisboa comenta que o governo já contava com a derrota na comissão do impeachment, e que os próximos dias serão os mais dramáticos.

Fonte: Band

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*