29 de maio de 2017

João Gualberto pede a prisão de Rui Costa e quase “sai na mão” com Jorge Solla

Os deputados federais Jorge Solla (PT) e João Gualberto (PSDB) quase trocaram agressões físicas no plenário da Câmara Federal, nesta terça-feira (16), após o tucano pedir a prisão do governador Rui Costa.

 

Os deputados federais Jorge Solla (PT) e João Gualberto (PSDB) quase trocaram agressões físicas no plenário da Câmara Federal, nesta terça-feira (16), após o tucano pedir a prisão do governador Rui Costa.

Gualberto argumentou que Rui não cumpriu uma decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) que determinava que o governo deveria prestar informações sobre a quilometragem de rodovias reformadas e construídas na gestão petista.

“Parece um absurdo prender o governador. Eu também acho, mas precisa prender para não desmoralizar a Justiça”, falou Gualberto. Solla saiu em defesa de Rui e disse que Gualberto é “grileiro”.

“Quando ele saiu [da Prefeitura de Mata de São João], tinha uma das maiores fortunas, grandes latifúndios no Litoral Norte da Bahia passaram a ser patrimônio desse tucano. Conhecem Praia do Forte? Grande parte daquele paraíso tem dono, um ex-prefeito tucano que grilou terra”, falou.

Depois disso, um partiu pra cima do outro e só não chegaram as vias de fato porque a turma do “deixa disso” chegou.

 

 

 

Fonte: Varela Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*