29 de maio de 2017

Movimento Vem Pra Rua tenta marcar ato para o próximo domingo em Salvador

 

Foto Divulgação

O Movimento Vem Pra Rua tenta marcar uma manifestação para este domingo (21) em Salvador pedindo a prisão de políticos envolvidos em escândalos de corrupção. O líder do grupo na Bahia, Ronaldo Matos, aponta que os obstáculos para a realização do protesto são a arrecadação de dinheiro e os trâmites burocráticos. O Movimento Vem Pra Rua tenta marcar uma manifestação para este domingo (21) em Salvador pedindo a prisão de políticos envolvidos em escândalos de corrupção. O líder do grupo na Bahia, Ronaldo Matos, aponta que os obstáculos para a realização do protesto são a arrecadação de dinheiro e os trâmites burocráticos. “Como a gente não tem patrocínio, a gente está vendo. A gente depende dos nossos apoiadores para viabilizar pelo menos o trio elétrico”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. “Foi tudo em cima da hora, fica um pouco complicado”, lamentou. Ele alegou também que ainda precisa buscar autorização da Transalvador e da Polícia Militar para garantir a realização do ato, que provavelmente aconteceria no Farol da Barra, às 10h. Segundo Ronaldo, a mobilização foi convocada pelo Vem Pra Rua Brasil em todas as cidades onde ele têm representantes. Um evento com o nome de “Prendam Todos! Temer, Dilma, Lula e Aécio” foi criado no Facebook anunciado atos em diferentes municípios. “A pauta principal é a prisão de todos eles, sem distinção de partido A ou B”, declarou o líder do Vem Pra Rua na Bahia, questionado se o protesto pediria especificamente a saída do presidente Michel Temer. A mobilização começou a ser marcada após a publicação de uma matéria do jornal O Globo com denúncias do presidente da JBS, Joesley Batista, contra Temer. Em sua delação premiada, o empresário acusou o presidente de comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha.

 

 

 

 

 

Fonte: Bahia Notícias

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*