27 de junho de 2017

Neto diz que Rui ‘hora nenhuma quis dar leveza à relação’

Candidato a reeleição em Salvador, ACM Neto (DEM) já tem em mente os principais pontos que quer focar em um possível novo mandato. Crítico do cenário político e econômico que o país atravessa, ele mira a criação de empregos e afirma que faria de novo tudo o que fez nos três anos e meio de gestão. Em entrevista exclusiva à Tribuna

 

Candidato a reeleição em Salvador, ACM Neto (DEM) já tem em mente os principais pontos que quer focar em um possível novo mandato. Crítico do cenário político e econômico que o país atravessa, ele mira a criação de empregos e afirma que faria de novo tudo o que fez nos três anos e meio de gestão. Em entrevista exclusiva à Tribuna, Neto falou ainda sobre as relações com a sua atual vice-prefeita, Célia Sacramento (PPL), e com o governador Rui Costa (PT), além da possibilidade de concorrer ao governo do estado em 2018. Questionado sobre sua relação com o petista, Neto frisou que ‘quando os interesses da cidade estão em jogo há um diálogo entre a prefeitura e o governo’ e citou o metrô como exemplo. “O maior exemplo disso foi a solução para o metrô de Salvador. Uma novela que se estendia há mais de dez anos e eu cheguei na prefeitura e resolvi em pouco mais de três meses. Sempre que o interesse da cidade está em jogo, existe uma linha de diálogo entre prefeitura e governo. O que não existe é uma relação política, e não teria sentido existir, mas também não existe uma relação pessoal. Essa poderia existir”, disse.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Tribuna da Bahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*