13 de Outubro de 2019

Policiais com P maiúsculo não fazem homicídio, não dão tiro em vidraças, diz Rui

O governador Rui Costa (PT) afirmou, na manhã desta quarta-feira (09/10), que a tropa da Polícia Militar não aderiu a greve política organizada pelo deputado estadual Prisco.

O governador afirmou ainda que os crimes durante essa madrugada foram realizados por bandidos e estão sendo apurados.

“Policiais com P maiúsculo não fazem homicídio, não dão tiro em vidraças de agências bancárias. Isso é atitude de bandido e criminoso. Se alguém cometeu homicídio, a Polícia Civil está apurando. Vamos continuar investigando quem são os bandidos e marginais que estão matando gente ou atirando contra vidros. Isso é atitude deliberada e organizada por criminosos. O policiamento está na rua, não tem adesão de nenhum policial. Isso é ação midiática buscando autopromoção. É uma ação política organizada por um grupo político, eu não tenho nenhuma dúvida disso”, disse Rui, que continuou.

“Isso é uma ação organizada pelo deputado, uma ação criminosa. Infelizmente tem ambiência política para acolhimento de pessoas deste caráter e desta postura. Ele caiu mais da metade da votação dele em 2018, talvez este seja o motivo, eleitoreiro”, concluiu o governador baiano.

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos