01 de Outubro de 2020

Após visita ao general Villas Bôas, Bolsonaro diz que 'está tudo certo' com PSL

Em novo gesto para amenizar a crise interna no PSL, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse na tarde desta quarta-feira, 16, que "está tudo" certo com partido e que "se Deus quiser a gente vai resolver isso aí". "O Brasil tá acima do nosso partido. Nosso partido é o Brasil", disse o presidente. As declarações foram feitas após visita ao general Eduardo Villas Bôas, ex-comandante do Exército e atual assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que deixou o hospital no último dia 12. Bolsonaro afirmou que conversa com Villas Bôas antes de tomar muitas decisões.Bolsonaro voltou a repetir que o PSL deve se unir pela "transparência". "Não falo sobre PSL para evitar pingue-pongue. Se Deus quiser a gente vai resolver isso aí", disse o presidente Mais cedo, Bolsonaro havia dito que não pretende "tomar o partido de ninguém".

Nesta terça-feira, 15, a operação de busca e apreensão deflagrada pela Polícia Federal em endereços ligados ao presidente do PSL, Luciano Bivar, no Recife, agravou a crise que envolve o partido de Bolsonaro e ameaça prejudicar o andamento de projetos de interesse do Palácio do Planalto no Congresso.

Reforma da Previdência

Perguntado sobre expectativa para votação da reforma da Previdência, Bolsonaro disse que se reunirá com o presidente do Senado, David Alcolumbre (DEM).

Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos