31 de Março de 2020

Deputado do PT cobra esclarecimento a Rui e diz que morte de Adriano foi 'queima de arquivo'

O deputado federal Wadih Damous (PT) cobrou do governador Rui Costa, seu correligionário, esclarecimentos sobre a morte do miliciano Adriano da Nóbrega, que foi morto pela polícia baiana em uma operação no último dia 9 de fevereiro, no município de Esplanada, interior da Bahia. “A execução do miliciano, herói de Bolsonaro, Adriano Nóbrega tem de ser cabalmente esclarecida pelo governo da Bahia, a não ser que o governador admita não ter o controle de sua polícia. A imagem do PT não pode sair arranhada desse episódio. Foi queima de arquivo. Quem mandou queimar?”, escreveu Damous, no Twitter. O presidente Jair Bolsonaro havia dito no último sábado (15) que “a PM da Bahia, do PT” era a responsável pela morte de Adriano. Créditos: Metro 1
Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos