29 de Setembro de 2020

Comissão de Clubes propõe férias coletivas e redução de salário se paralisação seguir

Uma reunião online na última sexta-feira (20) debateu propostas para o futebol brasileiro, que está parado em virtude da pandemia do novo coronavírus. As informações são do site GloboEsporte.com.

A Comissão Nacional de Clubes, formada por Fluminense, Atlético-MG, Grêmio, Palmeiras e Bahia, além de Avaí e Paraná na Série B, enviou as propostas para a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (FENAPAF) e para outros sindicatos de atletas profissionais.

De acordo com a publicação, são cinco propostas: férias a partir do dia 23 de março com término no dia 21 de abril; Férias de final do ano entre 24 de dezembro e 2 de janeiro; Caso os campeonatos não voltem após as férias coletivas, remuneração (CLT e imagem) reduzida em 50%; Após 30 dias da redução, se não houver retorno, suspender contratos; Parcelamento das recisões contratuais em até cinco vezes.

As propostas devem englobar as quatro séries nacionais do futebol brasileiro e servir também para os clubes pequenos, que vivem situação ainda mais complicada por causa da suspensão dos estaduaus.

Segundo o site, uma nova reunião está marcada para os próximos dias e os jogadores vão tirar dúvidas sobre as propostas com advogados.

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos