29 de Setembro de 2020

Vereador de Salvador detona Bolsonaro: “Um grandessíssimo idiota que não usa 1% de sua cabeça animal”

Parafraseando o músico baiano Raul Seixas, o vereador e vice-líder da oposição na Câmara de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), criticou o pronunciamento e a retórica do presidente Bolsonaro da noite de terça-feira (24). Nesta quarta (25), logo pela manhã, Suíca lembrou “que os bolsonaristas e apoiadores estão desolados e arrependidos com a postura leviana e com a falta de emoção e responsabilidade do presidente. Políticos usaram o nome Bolsonaro para se eleger e para polarizar, mas agora precisam responder pelos atos deste insano”. Para o edil petista, a fala sobre o número de mortes de idosos vítimas de Covid-19 em comparação com a economia reabrindo escolas, comércio e fim de isolamento, mostra a “falta de cuidado com o povo e o requinte cruel do governo federal”.

“Bolsonaro fala como um infectado, febril, como se o vírus tivesse subido para a cabeça. É um grandessíssimo idiota que não usa 1% de sua cabeça animal. O pronunciamento foi de ataque à imprensa e para ele dizer que alguns bilhões de reais valem mais que 12 mil idosos mortos. É de um cinismo sem tamanho e de uma crueldade esquizofrênica. Não podemos mais continuar com esse senhor em um momento tão difícil do mundo. Bolsonaro deve ser internado compulsoriamente. Ele corta recursos dos pobres em plena pandemia, não ajuda e ainda tenta impedir os estados de atuarem”, dispara Suíca.

Suíca também critica as declarações sobre medicamento sem teste para o novo coronavírus. “Ele é irresponsável, isso não se faz. É preciso uma série de ações para que se chegue a uma vacina, o planeta trabalha para isso, mas usar nomes de medicamentos como forma de promoção política é atirar no escuro e induzir pessoas a tomarem a tal cloroquina”. Para o vereador, até a ideia que se passa de usar o fundo eleitoral é para Bolsonaro se beneficiar.

“Ele sabe que o fundo eleitoral potencializa os partidos grandes, como o PT, e ele terá de ir para um partido nanico de novo para tentar a reeleição, vai perder e vai ser conhecido na história como o presidente que mais falsas notícias disparou”. Suíca explica que existem diferentes fontes de recursos para ajudar a conter a pandemia de Covid-19. “Pode usar o fundo eleitoral, mas não será suficiente. Revogar a PEC do Teto dos Gastos e taxar os ricos, e frear o pagamento de juros de dívidas a banqueiros teríamos mais bilhões do que apenas dois do fundo eleitoral”, completa.

 

 

Classe política

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos