31 de Março de 2020

Acordo coletivo entre clubes e atletas não deve acontecer

Representados pelo Sindicado dos Atletas do Rio de Janeiro, os jogadores de futebol das Séries A, B, C e D não vão aceitar a oferta de férias coletivas e redução salarial após o mês de abril.

Segundo coluna do Blog do PVC, os atletas só aceitariam a proposta caso a CBF participasse do acordo como avalista das dívidas dos clubes, o que não deverá acontecer.

Ainda segundo o jornalista Paulo Vinícius Coelho, do SporTV, a solução deverá ser a busca por acordos individuais dos clubes com seus próprios jogadores.

Entretanto, os representantes da Comissão Nacional de Clubes seguem dialogando em busca de união. Presidentes do Atlético Mineiro e Palmeiras, Sérgio Sette Camara e Maurício Galiotte, trataram do assunto ao longo de toda a terça-feira.

Ou seja, a ideia da Comissão é de que todos os clubes hajam da mesma maneira. Caso uma diretoria optar por dar férias a partir de sexta-feira, o mesmo deve ser repetido por todas as outras.

Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos