23 de Outubro de 2017

TSE afirma que candidaturas avulsas comprometem a segurança das eleições

Nesta quarta feira (4), o Supremo Tribunal Federal (STF) vai debater a possibilidade de candidaturas avulsas nas eleições. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se posicionou contra a mudança. A presidente do TSE, a ministra Cármen Lúcia, enviou ao STF um estudo com alerta para os riscos do lançamento de candidatos sem vinculação partidária nas próximas eleições.

 

Nesta quarta feira (4), o Supremo Tribunal Federal (STF) vai debater a possibilidade de candidaturas avulsas nas eleições. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se posicionou contra a mudança. A presidente do TSE, a ministra Cármen Lúcia, enviou ao STF um estudo com alerta para os riscos do lançamento de candidatos sem vinculação partidária nas próximas eleições.

De acordo com o documento do TSE, permitir candidaturas avulsas pode comprometer "totalmente a segurança da eleição brasileira, especialmente a eleição proporcional".

"A permissão de coligações partidárias nas eleições proporcionais também impõe que os cálculos sejam feitos tomando-se por base os partidos", frisa o TSE.

Em parecer enviado ao STF, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu a possibilidade de existência das candidaturas avulsas nas campanhas eleitorais no país.

 

 

Fonte: Bocão News

Whatsapp

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos