06 de Dezembro de 2022

Prefeitura licencia primeiro empreendimento em formato BIM

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur) emitiu, na última terça-feira (20), o primeiro alvará de construção em formato BIM (Building Information Model – Modelagem da Informação da Construção) para um empreendimento na capital baiana. O projeto foi analisado e aprovado, por meio do sistema, que permite o licenciamento de empreendimentos residenciais de torre única, de forma mais rápida, eficiente e sem a utilização de papel.

De acordo com o secretário da Sedur, João Xavier, a tecnologia traz mais agilidade no processo de licenciamento e beneficia a instalação de empreendimentos no município. “Salvador é a primeira cidade do Brasil a analisar e licenciar empreendimentos utilizando exclusivamente a tecnologia. Com o projeto em modelo BIM, se toda a documentação for apresentada em conformidade, o tempo de análise e concessão de alvará para esse tipo de construção é de apenas 45 dias, o que contribui para o desenvolvimento econômico da capital baiana”, afirma.

Para o presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-Ba), Cláudio Cunha, a adoção do BIM é um grande avanço para o mercado imobiliário e eleva Salvador a um patamar inédito no Brasil. “Os projetos analisados em BIM reduzem a burocracia, diminuem os custos, garantem a segurança jurídica e velocidade no licenciamento do empreendimento. Vamos incentivar os escritórios de arquitetura e engenharia a investir na tecnologia”, conclui.

Benefícios – Atualmente, a plataforma, disponível no Portal Simplifica (www.simplifica.salvador.ba.gov.br), contempla o licenciamento de empreendimentos R3–01 (residenciais torre única) e futuramente serão beneficiadas as construções de habitação de interesse social, as multiresidenciais e as não residenciais. A ferramenta permite a criação de projetos em 3D e automatiza a análise dos parâmetros urbanísticos.

Além disso, oferece mais segurança, precisão técnica para a execução do projeto e otimização do trabalho interno do órgão. O analista fica responsável apenas pelo trabalho que exige análise humana, já que o sistema é capaz de verificar os itens objetivos de forma automática. A avaliação dos setores é realizada de forma simultânea.

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos