23 de Setembro de 2019

Empresa é condenada a pagar R$ 300 mil por discriminar trabalhadores baianos

A empresa Bematech S/A foi condenada em R$ 300 mil por assédio moral praticando contra trabalhadores baianos, segundo o Ministério Público do Trabalho (MPT).

O assédio moral era praticado pelo gerentes da companhia, utilizavam de insultos e humilhações para ofender os funcionários – especialmente, expressões de cunho xenofóbico, como “baiano lerdo”.

De acordo com a decisão da juíza Lucyenne Amélia de Quadros Veiga, da 36ª Vara do Trabalho de Salvador, além da multa, a empresa deverá elaborar programa permanente de prevenção ao assédio moral e promover palestras sobre práticas discriminatórias.

O valor determinado será devidido igualmente entre o Fundo de Promoção do Trabalho Decente, à Associação de Pais e Amigos de Crianças e Adolescentes com Distúrbios de Comportamento e ao Lar Irmã Benedita Camurugi.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte Metro 1

Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos