23 de Setembro de 2019

Justiça ordena prisão de motorista de carreta que causou acidente no Peru

A Justiça do Peru decretou, nesta sexta-feira (5), a prisão preventiva, por nove meses, do motorista da carreta que provocou o acidente no qual um ônibus de passageiros caiu em um precipício e deixou 52 mortos e seis feridos na terça-feira, segundo o último boletim oficial.

Um tribunal da cidade de Huaral aceitou o pedido da promotoria contra o motorista Christian Quillahuamán. O acidente ocorreu no trecho da rodovia Pan-Americana Norte conhecido como Pasamayo, que fica ao norte de Lima.

A prisão preventiva faz parte da formalização da investigação preparatória do Ministério Público contra Quillahuamán pelo crime de homicídio culposo.

Segundo o relatório pericial, o motorista invadiu a pista contrária e trafegava em velocidade acima do permitido no trecho conhecido como Curva do Diabo.

A velocidade máxima neste local é de 45 quilômetros por hora (km/h), mas a perícia constatou que a carreta estava a uma velocidade superior a 60 km/h, segundo o Ministério Público peruano.

 

 

 

 

 

 

Agênca Brasil

Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos