21 de Fevereiro de 2018

STF prorroga investigações contra Dirceu, Vital, Cássio, Renan e Jucá

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, prorrogou as investigações contra o ex-ministro José Dirceu (PT), os senadores Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), Renan Calheiros (MDB-AL) e Romero Jucá (MDB-RR), e o ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União. O prazo de prorrogação foi de 30 dias.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) havia solicitado ao STF a prorrogação das investigações por um período de 60 dias. No entanto, Cármen Lúcia decidiu estendê-las pela metade do tempo. A ministra tem mantido os processos dos investigados no âmbito da Lava Jato, mesmo durante o recesso do STF, que volta às atividades regulares no dia 1° de fevereiro.

Vital do Rêgo é investigado no inquérito movimentado por Cármen, junto ao deputado Marco Maia (PT-RS), por ter, supostamente, recebido propina para agir por interesses de empreiteiros na CPMI da Petrobras, de 2014. O ministro do TCU era, na ocasião, senador e presidente da comissão, com Marco Maia na vice-presidência.

 

 

 

 

 

 

 

Metro 1

Whatsapp

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos