16 de Outubro de 2018

Mais de 5 mil abordagens já foram feitas no Carnaval 2018

A equipe de técnicos do Serviço Especializado de Abordagem Social, da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps), que está promovendo no Carnaval de Salvador a campanha "Criança não é mão de obra", junto com o Conselho Tutelar que objetiva implementar o Programa de Combate ao Trabalho Infantil (PETI), já realizou mais de 5 mil abordagens sociais com o objetivo que coibir situações de vulnerabilidade e risco social com crianças e adolescentes e suas familias. 

As ações já resultaram no cadastro de 845  crianças e adolescentes,  que estavam exercendo atividades laborais, acompanhando pais e responsáveis que trabalham como ambulantes e outras situações de risco, como negligência e uso de drogas. 
 
O trabalho dos Conselheiros Tutelares que atualmente possuem normativa de remuneração em todas as festas populares de Salvador sancionada pelo 

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos