19 de Julho de 2018

Morre Waldir Pires, ex-governador da Bahia; relembre trajetória

 

O ex-governador da Bahia e ex-vereador de Salvador, Waldir Pires, 91 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (22) na capital baiana.

 

 

O ex-governador da Bahia e ex-vereador de Salvador, Waldir Pires, 91 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (22) na capital baiana.

O político deu entrada na noite desta quinta-feira (21) no Hospital da Bahia com quadro de pneumonia.

De acordo com a unidade de saúde, nesta manhã, por volta das 10h, Pires teve parada cardio respiratória e não resistiu.

Quem foi Waldir Pires

Nascido em Acajutiba, em 1926, Waldir Pires chegou em Salvador aos 16 anos após ser aprovado no vestibular da Universidade Federael da Bahia para o curso de Direito.

No início da década de 1950, aos 24 anos, foi secretário de Estado no governo de Régis Pacheco. Em 1954, elegeu-se deputado estadual, formando a base de apoio do Governo Antônio Balbino. Em 1958, elegeu-se deputado federal, sendo escolhido vice-líder do Governo Juscelino Kubitschek. Em 1962 ,candidatou-se ao governo da Bahia e perdeu as eleições por uma diferença de apenas 3% dos votos para o candidato da UDN, Lomanto Júnior.

Em 1963, foi convidado pelo Presidente João Goulart para ocupar o cargo de Consultor-Geral da República. Com o golpe militar em 64, foi cassado e perseguido e viveu em exílio no Uruguai e na França. Regressou ao Brasil em 70, quando ajudou na fundação do PMDB.

No ano de 1985, assumiu o cargo de ministro da Previdência Social no governo do presidente Tancredo Neves.

Foi eleito governador da Bahia em 86 nas primeiras eleições diretas para governador após o regime militar.

Em 1990, filiado ao PDT, se elegeu deputado estadual com maior votação na Bahia. Foi eleito deputado federal em 1998 com votação expressiva.

Tentou o Senado em 2002, mas não obteve sucesso. Sem mandato eletivo, foi convidado pelo presidente Lula para o cargo de ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU). Em 2006, assumiu o Ministério da Defesa a pedido de Lula.

Em 2008, foi condecorado com o título de Cidadão Benemérito da Liberdade e da Justiça Social João Mangabeira, que é concedido a brasileiros reconhecidamente dedicados às causas nobres, humanas e sociais. Foi eleito vereador de Salvador aos 85 anos em 2012.

O ex-ministro enfrentava sérios problemas de saúde desde o final de 2017. Já debilitado, não participou da Lavagem do Bonfim deste ano. Só voltou a aparecer publicamente no dia 14 de junho, oportunidade do lançamento de sua biografia, escrita pelo correligionário Emiliano José.

 

 

Fonte: Bocão News

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos