16 de Agosto de 2018

Obama diz que 'medo e rancor' dominam cenário político

Sem citar o nome de Donald Trump, o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama classificou o cenário político atual como cheio de "medo e rancor", que "avançam a um ritmo que era inimaginável alguns anos atrás".

Sem citar o nome de Donald Trump, o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama classificou o cenário político atual como cheio de "medo e rancor", que "avançam a um ritmo que era inimaginável alguns anos atrás".


  A declaração foi dada durante o discurso de Obama a jovens na comemoração dos 100 anos de nascimento do líder anti-apartheid Nelson Mandela, em Johanesburgo, na África do Sul.
Obama também atacou o que chamou de política de "valentão", afirmando que aqueles que chegam ao poder tentam "minar as instituições que dão sentido à democracia". Ele ainda destacou a "perda do sentido de vergonha entre os líderes políticos que são pegos mentindo e, em resposta, apenas mentem novamente".

 O ex-presidente disse, no entanto, que não está sendo alarmista.


"Estou simplesmente observando os fatos", declarou. Obama defendeu a igualdade em todas as suas formas e afirmou que ainda há muito a se fazer sobre o assunto.

 A viagem é a primeira do ex-presidente à África desde que ele deixou a Casa Branca. Na última segunda-feira (16), Obama visitou a casa em que seu pai vivera na cidade queniana de Kogelo.

 

O líder norte-americano se encontrou com o presidente do Quênia, Uhuru Kenyatta, e o elogiou pelos esforços para manter a paz no país após casos de violência registrados durante as eleições de 2017.

 

Fonte: Terra

Whatsapp

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos