11 de Dezembro de 2018

Jaguarari: procurador da cidade vê 'indícios' de crime em atividades de vice-prefeito

Vice-prefeito de Jaguarari, Fabrício D'Agostinho (DEM) se enrola cada vez mais em denúncias. De acordo com relatório assinado pelo procurador-geral do município, Allan Abbehusen de Santana, há indícios de que a gastança de dinheiro promovida pelo democrata é irregular e criminosa. 

"Há fortes indícios de crimes licitatórios e crimes contra a administração pública", diz o advogado.  Além de gastar mais de R$ 2 milhões em combustível, o vice-prefeito comprou mais de R$ 300 mil em pneus nos cinco meses que esteve à frente da prefeitura.  Comparativo feito entre os meses de gestão do vice e do prefeito eleito, Everton Rocha, mostram que o número dois gastou muito mais que o titular do cargo. 

De junho a outubro deste ano, o vice usou mais de R$ 2 milhões de recursos da prefeitura. No mesmo período do ano passado, o prefeito gastou R$ 985 mil. 

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos