26 de maio de 2017

PM é morto a tiros em ponto de ônibus; força-tarefa abre investigação

O soldado da Polícia Militar Márcio Pereira Santos foi morto a tiros na noite da última terça-feira (6), nas proximidades do pontos de ônibus que dá acesso ao Estádio de Pituaçu, na avenida Luiz Viana Filho, a Paralela. Testemunhas que presenciaram o assassinato e começaram a ser ouvidas por esquipes da Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) que investiga morte de policiais. Os procedimentos foram iniciados ainda no local do crime.

 

O soldado da Polícia Militar Márcio Pereira Santos foi morto a tiros na noite da última terça-feira (6), nas proximidades do pontos de ônibus que dá acesso ao Estádio de Pituaçu, na avenida Luiz Viana Filho, a Paralela. Testemunhas que presenciaram o assassinato e começaram a ser ouvidas por esquipes da Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) que investiga morte de policiais. Os procedimentos foram iniciados ainda no local do crime.

Segundo as primeiras informações, o soldado, lotado no Batalhão de Choque, teria presenciado um roubo a transeunte no ponto de ônibus e tentou evitá-lo. Ele foi atingido por um disparo de arma de fogo, socorrido para o Hospital Roberto Santos, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

“Vamos buscar o máximo de informações de características físicas dos criminosos. Sabemos que eles fugiram a pé. Estou verificando se no locam haviam câmeras de segurança”, disse o coordenador do grupo, delegado Odair Carneiro.

Ele afirmou ainda que, na semana passada, a Força-Tarefa elucidou a morte de outro PM e prendeu oito envolvidos no crime. “Tenham certeza de que trabalharemos incansavelmente para prender os autores deste homicídio”, ressaltou o coordenador. Detalhes presenciados por qualquer cidadão podem ser enviados via Disque-Denúncia da SSP (3235-0000).

 

 

 

 

 

 

Fonte: Metro1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*