23 de junho de 2017

Hernane marca aos 47 do segundo tempo e salva o Bahia na Fonte Nova

9 de novembro de 2016 Produção do Política Bahia 0

O jogo na Arena Fonte Nova, na noite desta terça-feira (8/11), contra o Sampaio Correa, lanterna da Série B. A torcida foi em peso, esperando uma vitória fácil, mas sofreu até os 47 minutos do segundo tempo.
Foi o suficiente. O Tricolor baiano, que estava saindo do G4 com o empate por 0 a 0, pulou para o segundo lugar, na classificação e deu mais um passo em direção à elite do futebol brasileiro em 2017.
Com os mesmos 59 pontos que Vasco da Gama e Avaí, o Bahia fica na frente por causa do saldo de gols. Já o Sampaio Corrêa estacionou nos 27 e, na lanterna, teve seu rebaixamento para a Série C decretado, pois não pode mais alcançar o Oeste, que tem 37.
Empurrado pela torcida, o Bahia começou com tudo e quase abriu o placar logo aos três minutos. Eduardo cruzou e Victor Rangel subiu livre de marcação, mas cabeceou para fora. A resposta do Sampaio Corrêa veio aos 14 em finalização de longe de Guilherme Lucena. A bola passou raspando a trave de Muriel, que apenas acompanhou. Na sequência, a torcida tricolor pediu pênalti em Victor Rangel.
Apesar de ter muito mais posse de bola, o Bahia encontrava muitas dificuldades para escapar da marcação do Sampaio e chegava com perigo apenas em lances de bola parada. Aos 29, Hernane Brocador quase abriu o placar sem querer. Na tentativa de aliviar o perigo, Rodrigo Ramos chutou em cima do atacante e a bola por muito pouco não entrou.

Com a vitória o Bahia é o vice da Série B – Foto: Romildo de Jesus
O Bahia encontrava muitas dificuldades para furar a defesa do Sampaio e a torcida fazia sua parte nas arquibancadas, empurrando o time. Nos acréscimos, Juninho soltou a bomba de longa distância e Rodrigo Ramos espalmou. Na cobrança de escanteio, Tiago cabeceou por cima do gol. O último lance de perigo foi uma finalização rasteira de Victor Rangel.
O Sampaio Corrêa assustou os torcedores presentes na Arena Fonte Nova aos quatro minutos do segundo tempo. Diego Lorenzi fez boa jogada individual e cruzou rasteiro, mas Thiago Santos chegou um pouco atrasado e não conseguiu completar para o gol. O Bahia seguia encontrando muitas dificuldades para entrar na área do time maranhense.
Os tricolores reclamaram de outro pênalti não marcado pelo árbitro, dessa vez em Allano. A torcida presente na Arena Fonte Nova já começava a perder a paciência com o time, que abusava dos passes errados. Aos 25 minutos, Tiago tocou de cabeça para Hernane, que, na cara do goleiro, furou e desperdiçou uma chance incrível.
Edigar Júnio cruzou e Hernane perdeu mais uma oportunidade ao cabecear por cima do travessão. Depois foi a vez do Sampaio Corrêa assustar. Thiago Santos recebeu na marca do pênalti e chutou para fora. Aos 47, Hernane recebeu passe de Tiago e tocou com categoria na saída de Rodrigo Santos, fazendo a festa dos mais de 35 mil torcedores presentes na Arena Fonte Nova.
Os dois times voltam a campo no próximo sábado, pela 36ª rodada. O Bahia enfrenta o Luverdense, às 19h30, no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, enquanto o Sampaio Corrêa recebe o Londrina, às 17h30, no Castelão, em São Luis. […]

1 2