29 de abril de 2017

Trump sugere banir imigração de muçulmanos

Donald Trump.
Donald Trump.

 

O virtual candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, prestou sua solidariedade à comunidade LGBT nesta segunda-feira, um dia após um atirador entrar em uma boate gay em Orlando e matar 49 pessoas. Ele também ampliou sua proposta de banir a entrada de imigrantes muçulmanos nos Estados Unidos.

“A questão é que a única razão pela qual o atirador estava nos EUA, em primeiro lugar, é porque permitiram que sua família viesse para cá”, disse o empresário. “Quando eu for eleito, eu vou suspender a imigração de regiões do mundo onde existe um histórico comprovado de terrorismo contra os Estados Unidos, a Europa e nossos aliados, até que exista um entendimento de como podemos acabar com essa ameaça.”

Além disso, Trump atribui a culpa do ataque ao presidente Barack Obama, dizendo que ele coordena um sistema de imigração e esforços antiterrorismo precários.

Segundo as autoridades, o homem responsável pelo pior ataque do tipo na história dos Estados Unidos é Omar S. Mateen, filho de imigrantes afegãos nascido em Nova York. Durante o massacre, ele chegou a ligar para o serviço de emergência da polícia e declarar lealdade ao Estado Islâmico.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte Band

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*