21 de Junho de 2021

Disque Denúncia muda de número e atende por 181 em toda a Bahia; chamadas também podem ser feitas por celular

Chamadas poderão ser feitas também pelo telefone celular de forma gratuita — Foto: Alberto Maraux/Divulgação

 

O número do Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública (SSP), utilizado para a população denunciar ações ilícitas e passar informações sobre criminosos, foi alterado e agora atenderá pelo número 181 em todo o estado.

A informação foi divulgada nesta quarta-feira (9), pela SSP. A alteração visa padronizar o canal usado em outros estados do Brasil e facilitar o canal para denúncias anônimas entre os baianos e a polícia.

Com a mudança, as chamadas também poderão ser feitas pelo telefone celular, de forma gratuita.

Segundo o titular do órgão, Ricardo Mandarino, a alteração vai permitir que moradores que não tenham condições de custear uma chamada possam também auxiliar a polícia com informações sobre ilícitos em qualquer localidade onde esteja.

O Disque Denúncia atendia pelo 3235-0000 e funciona há 16 anos no estado. O setor utiliza as denúncias anônimas feitas pela população e repassa às unidades policiais para elucidação de crimes, assim como para orientar a distribuição das equipes da Polícia Militar aos locais indicados pelos moradores.

A Central 181 também passa a concentrar as informações sobre os criminosos mais procurados da Bahia, incluídos no Baralho do Crime. Caso alguma das 52 caras sejam reconhecidas, o cidadão poderá denunciar o procurado, ligando gratuitamente de qualquer lugar do estado.

Além do telefone, a população também pode enviar informações à polícia, sem precisar se identificar, através do Portal do Disque Denúncia. No site há um ícone “Denuncie Aqui”, onde é possível relatar crimes ou a localização de procurados, além de permitir o envio de áudios e imagens sobre situações suspeitas.


G1

Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos