29 de Maio de 2022

Putin testa novo bombardeiro para ataques nucleares

Enquanto incentiva no Ocidente de que o impasse na Ucrânia possa se tornar uma guerra de fato com a Otan, a Rússia de Vladimir Putin vai alinhando seu arsenal. Na quarta (12), foi realizado em Kazan o primeiro voo do Tupolev Tu-160M2, um bombardeiro estratégico para emprego em ataques convencionais e nucleares. Não é um projeto novo o Blackjack, como é conhecido no Ocidente, e entre russos como Cisne Branco, o Tu-160 voou pela primeira vez em 1981 e estreou em operação seis anos depois, no ocaso da União Soviética.

É a maior e mais pesada aeronave supersônica de combate em ação no mundo. Atuou em ataques nos mares Báltico, Negro ou Pacífico, e visto algumas vezes visitando bases aéreas na Venezuela. Foram feitos 27 aviões, dos quais 16 seguem voando. Desses, 7 são uma versão modernizada, a Tu-160M, com novos motores e aviônica digital. Mas o teste desta quarta é totalmente diferente

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos