06 de Dezembro de 2022

Bahia empata com Operário e não consegue voltar a ser 2º na Série B

O Bahia começou com desvantagem de dois gols, mas buscou o empate nos minutos finais do duelo. A partida contra o Operário terminou na noite deste sábado, 24, na Arena Fonte Nova, terminou em 2 a 2, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado, contudo, não foi bom para ninguém, já que o clube baiano não reassumiu a segunda posição e o time paranaense continuou dentro da zona de rebaixamento. Com o tropeço em casa, o Bahia ficou em terceiro, com 52 pontos, atrás apenas de Cruzeiro (68) e Grêmio (53). O Operário, por sua vez, é o vice-lanterna, com 31. O Guarani, primeiro fora da zona de rebaixamento, tem 35. O Bahia entrou na onda de seus torcedores e começou o jogo pressionando o Operário. A tática chegou a funcionar quando Ricardo Goulart mandou para o gol, mas a euforia se transformou em frustração. O VAR foi chamado e anulou o lance. Após a decisão, o time baiano se mostrou cabisbaixo e deixou o adversário crescer.

O Operário cresceu no jogo e abriu o placar aos 20 minutos. Júnior Brandão tabelou com Pavani, que colocou Reina na cara do gol. O meia não desperdiçou. Aos 22, o time de Ponta Grossa ampliou. O mesmo Pavani driblou Marcinho e cruzou para Júnior Brandão marcar. A situação do Bahia poderia ser ainda pior, mas o chute de Júnior Brandão parou na trave, aos 30. Demorou, mas o time baiano acordou a tempo e diminuiu aos 42. Após cobrança de escanteio, Davó desviou e Ricardo Goulart diminuiu. No segundo tempo, o Bahia voltou com o intuito de empatar. Logo aos três minutos, Jacaré cruzou na medida para Ricardo Goulart. O meia chutou de primeira e mandou no travessão. O Operário respondeu logo depois. Rafael Chorão tentou de longe e mandou por cima do gol. Como a bola não queria entrar, Enderson Moreira colocou o Bahia no ataque e conseguiu o empate aos 45 minutos. Após cobrança de escanteio de Verhon, Ignácio cabeceou firme. A bola bateu na cabeça de Dirceu e acabou no fundo das redes. O Bahia ainda tentou uma pressão no fim, mas viu Rodallega ser expulso após fazer dura falta no goleiro Vanderlei. O Operário não conseguiu se aproveitar da vantagem numérica, já que o árbitro apitou o final do duelo.


Com informações do Estadão Conteúdo

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos