06 de Dezembro de 2022

Sargento sobrevivente de ação em Itajuípe disse que foi baleado mesmo falando que era PM

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o sargento da Polícia Militar Adeilton Rodrigues D’Almeida, sobrevivente da troca de tiros em um hotel da cidade de Itajuípe, que acabou vitimando o subtenente Alberto Alves dos Santos, na noite da última terça-feira (27), afirmou que, mesmo falando que era PM, foi baleado pelos agentes de Segurança Pública.

“Saímos para jantar à noite, depois retornamos para o hotel. Liguei a TV um pouco e tomei banho e estava muito cansado e não demorei para dormir. Acordei com barulho de tiro, fui alvejado duas vezes. Os policiais entraram, quebraram a janela e a porta. Eu gritei que era polícia e me alvejaram mais três vezes. Disse que era polícia e não me deram socorro. Saí me arrastando até a porta do quarto, fiquei sangrando”, disse o sargento, em cima de uma maca internado no Hospital Regional de Itabuna.

D’Almeida ainda disse que foi ameaçado de morte por um policial que, supostamente, estava conduzindo a ação e que a sua arma foi disparada várias vezes dentro do quarto por terceiros. “[Ficou] dizendo que sabia quem eu era. Depois de uma hora me conduziram na viatura, de forma hostil, policial falando comigo, para eu ficar quieto e disseram que fizeram vários disparos com minha arma. Pegaram minha arma. Eles mesmos dispararam e depois me trouxeram para o hospital, nem me ajudaram a sair da viatura, eu com fratura exposta”, revelou.

Em nota, o Comando Geral da Polícia Militar afirmou que enviou uma equipe da sua Corregedoria para a cidade de Itajuípe, na manhã desta quarta-feira (28), para investigar um confronto, na área interna de um hotel. De acordo com o comunicado, a fuga de um assaltante de banco originou a ocorrência, que resultou em uma perseguição na região Sul da Bahia.

“Lamentamos o confronto. Estamos solidários às famílias e a determinação é que toda a ocorrência seja esclarecida. As armas foram recolhidas e o local do confronto preservado para a realização de perícia”, declarou o comandante geral da PM, coronel Paulo Coutinho.

Ver essa foto no Instagram:

Uma publicação compartilhada por Capitão Prado (@capitaoprado)

Whatsapp

Ultimas notícias

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos