23 de Abril de 2024

Alan Sanches critica Governo por deixar de aplicar quase R$ 300 milhões no combate à fome: “inacreditável”

O líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), deputado estadual Alan Sanches (União Brasil), reagiu com indignação contra a falta de planejamento do Governo do Estado, que deixou de aplicar quase R$ 300 milhões que estavam disponíveis em 2023 para combater a fome na Bahia. 

De acordo com o portal Transparência Bahia, o Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Funcep) alcançou uma receita de R$ 979 milhões, mas a aplicação ficou em R$ 702 milhões. Assim, o governador Jerônimo deixou de usar R$ 270 milhões no enfrentamento à fome, justamente no ano em que anunciou o programa Bahia sem Fome. 

“Isso é inacreditável. O governo tinha dinheiro para minimizar a fome de muita gente, mas não fez. O Bahia sem Fome não parece ser um programa de governo, e sim um programa apenas para propaganda”, afirma Alan Sanches, ao salientar que a Bahia tem maior número de pessoas vivendo em extrema pobreza no Brasil. 

O líder da oposição lembra ainda que o Governo do Estado chegou a pedir doação em dinheiro, via pix, para financiar o Bahia sem Fome. 

“Pediu pix como se o Estado não tivesse dinheiro e agora está provado que tinha dinheiro, mas o governo não usou. Está provado que não há planejamento nem vontade política para resolver”, acrescentou Sanches.

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos