29 de Maio de 2022

Bolsonaro diz que Petrobras é "um problema" e que economia brasileira está crescendo forte"

Em Roma, na Itália, o presidente Jair Bolsonaro disse durante conversa informal com o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, que a Petrobras é "um problema", e que a economia no Brasil está crescendo "forte". O bate-papo marcou o encontro de Bolsonaro com demais lideranças mundiais no evento do chamado G-20. "Petrobras é um problema. Mas estamos quebrando monopólios, com uma reação muito grande. Há pouco tempo era uma empresa de partido político. Mudamos isso", afirmou Bolsonaro.] Mesmo com a popularidade em baixa, com o pior nível de reprovação atingido em setembro, segundo o Datafolha, Bolsonaro disse ao líder turco que contava com grande apoio popular. Ele também se gabou de ter independência na formação de sua equipe ministerial, com compôs boa parte com "militares profissionais". "Eu também tenho um apoio popular muito grande. Temos uma boa equipe de ministros. Não aceitei indicação de ninguém. Fui eu que botei todo mundo. Prestigiei as Forças Armadas. Um terço dos ministros [é de] militares profissionais. Não é fácil. Fazer as coisas certas é mais difícil", ponderou. Mais cedo, em entrevista na porta da embaixada brasileira em Roma, o presidente do Brasil avisou ter um plano B para viabilizar o pagamento do Auxílio-Brasil, ameaçado pela demora na aprovação da PEC dos Precatórios. O Bolsa-Família pagou a sua última parcela após 18 anos e agora há grande expectativa para saber se o programa social implantado pelo governo Bolsonaro, sob a tutela do ministro da Cidadania, João Roma, irá alcançar o mesmo número ou maior de beneficiários, e se irá pagar um valor maior.
Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos