04 de Março de 2024

Polícia busca lideranças do BDM que fugiram de presídio em Mata Escura na Região Metropolitana

A Região Metropolitana de Salvador (RMS) virou o foco da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) e da Secretaria de Administração de Penitenciária e Ressocialização (SEAP) nas buscas pelos sete detentos que fugiram do Complexo Penitenciário Lemos Brito, em Salvador, no último sábado. Entre os fugitivos, estão três lideranças da facção do Bonde do Maluco (BDM) que atuavam em municípios da área, sendo dois deles com histórico de comando em ações criminosas do grupo em Vila de Abrantes, na cidade de Camaçari.

Pelo conhecimento que os detentos têm da RMS, a linha de investigação da polícia considera que eles, que foram levados por carros na Avenida Gal Costa após escapar do presídio, tenham partido diretamente para a região. Até por conta disso, nesta terça-feira (24), o Major Diego Pestana, comandante da 10º Companhia Independente da Polícia MIlitar (CIPM) de Candeias, foi convocado à Salvador para tratar de possíveis ações para a localização de fugitivos que estivessem na cidade ou em seus arredores.

É isso o que conta uma fonte da PM, que prefere não se identificar ou revelar seu cargo dentro da corporação. “O major foi deslocado para Salvador justamente por conta dessa localização dos caras [fugitivos]. Como eles conhecem tudo na região e têm pontos estratégicos com armamento pesado e a companhia de outros criminosos do BDM, a suspeita é que tenham se escondido ali. O que deve haver é um alinhamento entre o comando da região, o geral e de quem mais estiver envolvido nas buscas”, indica.

Procurada para confirmar a informação de que o Major foi à capital, a Secretaria de Segurança do Estado da Bahia (SSP), não respondeu até o fechamento desta matéria. Pestana foi convocado à Salvador depois da sua companhia localizar Elivelton de Jesus Santos, 31 anos, um dos sete fugitivos e liderança do BDM na RMS, na localidade conhecida como Lamarão, em São Sebastião do Passé, na noite de segunda-feira (23).

Elivelton estava na companhia de outros dois homens, que não foram identificados, e acabou sendo o único dos suspeitos a ser atingido em confronto com os policiais militares. O criminoso foi atingido no peito e não resistiu aos ferimentos.O traficante chegou na localidade depois de fugir de uma troca de tiros com a polícia em um bunker de drogas na cidade Candeias, onde os policiais encontraram meia tonelada de drogas, entre maconha, crack e cocaína. Além disso, foram apreendidos fuzis calibres 5.56 e 7.62, uma balança industrial, uma máquina para contar dinheiro, três rádios comunicadores, cinco aparelhos celulares e uma faca, além de milhares de munições.

Na ação em Candeias, um policial civil ficou ferido e um suspeito foi morto. Esse suspeito, de acordo com informações, seria Jefferson Silva Souza, mais um detento entre os sete que conseguiram escapar de Mata Escura. A Seap foi procurada pela reportagem para confirmar a morte dos dois fugitivos, mas não respondeu até o fechamento desta matéria.

A pasta também foi questionada sobre a possibilidade de presença dos outros cinco detentos na RMS. Isso porque o traficante Fábio Souza dos Santos, que é conhecido como ‘Geleia’ e comandava as ações da facção Bonde do Maluco (BDM) em Vila de Abrantes, também estaria no confronto em Candeias, mas teria conseguido escapar dos agentes da polícia. Sobre isso, a Seap também não respondeu.

Os sete fugitivos do presídio de Mata Escura foram identificados como Virgínio de Alcântara Filho, Elivelton de Jesus Santos, Jeferson Silva Souza, Íkaro da Costa Santos, Jeferson Silva de Carvalho, Flávio Bastos Carneiro e Fábio Souza dos Santos.

 

Informações do Correio / Foto: Reprodução

Whatsapp

Galeria

Bahia Farm Show apresenta exposição fotográfica sobre as belezas do Oeste da Bahia
Exposição aproximará startups agrícolas de investidores privados
Ver todas as galerias

Artigos