20 de Novembro de 2018

Forte chuva causa desabamento e deslizamento de terra em Salvador

Por conta das chuvas que assolaram a cidade, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu 69 solicitações nesta terça-feira (23/10) até as 17h00. Foram quatro alagamentos de imóvel, 16 ameaças de desabamento, duas ameaças de desabamento de muro, 18 ameaças de deslizamento, quatro árvores ameaçando cair, uma avaliação de área, três imóveis alagados, dois desabamentos de muro, um desabamento parcial, nove deslizamentos de terra, três infiltrações, seis orientações técnicas. Segundo o órgão, não há registro de feridos.

 

Por conta das chuvas que assolaram a cidade, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu 69 solicitações nesta terça-feira (23/10) até as 17h00. Foram quatro alagamentos de imóvel, 16 ameaças de desabamento, duas ameaças de desabamento de muro, 18 ameaças de deslizamento, quatro árvores ameaçando cair, uma avaliação de área, três imóveis alagados, dois desabamentos de muro, um desabamento parcial, nove deslizamentos de terra, três infiltrações, seis orientações técnicas. Segundo o órgão, não há registro de feridos.

Condições climáticas
A frente fria que se afasta para o oceano deverá continuar influenciando as condições de tempo em Salvador. Assim são esperadas pancadas de chuvas fracas a moderadas a qualquer hora do dia. O modelo de previsão de tempo (GSF) indica que entre quarta (24/10) e quinta (25/10) a massa de ar quente e seca deverá ganhar força reduzindo as chances de chuvas na capital baiana. Os maiores acumulados de chuvas ocorreram em Nova Brasília, Vila Picasso e Voluntários da Pátria que superam 80 mm em 72 horas.

A Codesal informa que permanece com o plantão 24 horas atendendo às solicitações pelo telefone gratuito 199.

 

Fonte: Varela Notícias

Whatsapp

Galeria

Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Apresentações e treinos no Vitória
Ver todas as galerias

Artigos