13 de Novembro de 2019

Decreto das armas deve ser derrubado na Câmara, diz Maia

O ministro Dias Toffoli informou que a Corte deve começar a julgar nesta quarta-feira (26) o decreto do presidente Jair Bolsonaro que facilitou o porte de armas. As informações são do blog da jornalista Andréia Sadi do G1.

O decreto foi assinado por Bolsonaro em 7 de maio e, desde então, tem sido alvo de ações na Justiça e de tentativas de suspensão no Congresso. 

"A Câmara não tem nada decidido, estamos dialogando com os líderes. Pode ser votado nesta semana ou na outra", declarou o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

No Congresso, o Senado já aprovou um parecer pela derrubada do decreto. Agora, cabe à Câmara analisar o tema. Rodrigo Maia, entretanto, relatou que o decreto também deve ser derrubado na Câmara, inclusive com o apoio de aliados de Bolsonaro, já que 70% da bancada evangélica é contra.

Com informações do Metro1 

Whatsapp

Galeria

Barcelona finaliza contratação de Neymar, diz TV
Imagens de 'close' inédito da Grande Mancha Vermelha de Júpiter
FOTOS HISTÓRICAS QUE VOCÊ PROVAVELMENTE NUNCA VIU
Ver todas as galerias

Artigos